Buscar
  • R122

O perigo de buscar muitas coisas sem que haja foco. Por Grazi Motta Teixeira


Houve um momento da minha vida que eu me peguei questionando a relação tempo X realização. Eu sempre tive muitas ideias e vontade de fazer coisas novas e desafiadoras.

Com isso me envolvia em todas as possibilidades que surgiam acreditando que fazer inúmeras coisas ao mesmo tempo me trariam vários resultados positivos ao mesmo tempo.

Mas não foi isso que aconteceu. Normalmente o resultado era pequeno ou até zero. Além do estresse e da sobrecarga que sugavam minhas energias e limitavam o meu processo criativo, afetando até o meu estado de espírito. Além disso, poucas ideias seguiam em frente e muitas das escolhas que eu fazia não se conectavam a um propósito maior, uma visão concreta de algo.

Foi aí que eu comecei a medir o meu desempenho e o quanto eu estava alcançando os resultados que sonhava. Percebi que fazer inúmeras coisas não necessariamente me leva a construir algo permanente, por isso a constante sensação de “as coisas não acontecem, ou “as coisas não dão certo”.

Nós sabemos que ter ideias, buscar coisas diferentes é fundamental pra quem quer crescer na vida.

Mas a grande questão é que quando não há foco naquilo que realmente se conecta com você, nas coisas que fazem sentido, o que acaba acontecendo é que você cria várias demandas mas nenhuma delas realmente te leva a um lugar que você vai colher frutos maduros e duradouros.

Desde então tenho trabalhado de forma prática essa questão em todos os papeis que eu atuo, buscando referências científicas e de pessoas importantes que eu convivo, e que também tiveram que aprender a definir e gerir prioridades.

E o que eu descobri e aplico na minha vida, vou compartilhar com você com o intuito de te ajudar a ser mais produtivo, mais feliz e ter os resultados que deseja.

Para isso vou começar contando a história de um rei escrita num livro inteiro e cheia de detalhes e situações interessantes e importantes, destacando alguns pontos que ficam claros quando você observa todo o contexto, trazendo-os de forma simples e prática:

"Havia um rei que se chamava Salomão que num determinado momento de sua vida, após ter um atingido um alto nível de sucesso, ainda se sentia vazio. E o pior, mesmo diante de tantas conquistas não conseguia identificar a razão porque não se sentia realizado em tudo que fazia.

A questão era que Salomão havia perdido o foco, então começou a buscar todo tipo de meta no tempo mais curto que pudesse alcançar, se enchendo de atividades e demandas para preencher o vazio, achando inclusive que as respostas para essas questões estavam fora e não nele mesmo”.

A partir dessa breve explanação, o que podemos aprender com esse líder sobre "foco"?

  1. Ele buscava muitas coisas em um espaço de tempo muito curto;

  2. Ele buscava metas erradas para atingir o resultado que desejava;

  3. Ele entrou em desespero porque não identificava o que realmente queria.

Por isso, Salomão levou uma vida inteira e um livro inteiro (veja Eclesiastes) para conseguir identificar e estreitar o seu foco, determinando o que realmente era importante e o que ele realmente queria.

Eu e você não precisamos levar uma vida inteira para descobrir como fazer em nossas vidas. Nós podemos aprender com as experiências de quem já vivenciou e acelerar o nosso processo de aprendizado.

E foi pensando nisso que criei esse post e vou terminá-lo dando dicas através de uma lista que vai te ajudar a tomar decisões com "foco" no seu sucesso.

Confira:

A) "Você já imaginou qual é o seu foco?"

B) "Como você toma decisões importantes?"

C) "Você tem um método para determinar seu foco, baseado no que realmente é um valor pra você ou simplesmente para atender necessidades?"

Considere a lista abaixo quando tiver que tomar decisões sobre onde investir seu tempo e energia. Faça para si mesmo as perguntas:

  1. Isso está conectado com as minhas prioridades?

  2. Qual a visão por trás disso?

  3. Essa visão está alinhada ao meu plano de vida?

  4. Como vou me sentir se focar nisso?

  5. Isso está dentro da minha área de competência?

  6. O que as pessoas da minha confiança dizem?

  7. Eu tenho tempo para isso?

Ao tomar a decisão de seguir em frente, faça a lista de tudo que envolve essa decisão; defina as prioridades; busque a excelência, mas evite o perfeccionismo. Controle as distrações. Use a sua agenda e aprenda a dizer não quando for necessário.

E como "dizer não" com elegância?

=> Diga "não" à oferta e não à pessoa, expressando que você está pensando no melhor para a pessoa que está te pedindo ou te oferecendo.

=> Pense de forma criativa, sugira uma alternativa.

E por último, lembre-se que "foco" é poder, e está diretamente relacionado com as pessoas de alta performance que alcançam seus objetivos.

Compartilhe essas dicas e ajude as pessoas que você conhece e que precisam de resultados melhores em suas vidas.

Deixe também seus comentários aqui comigo. Eles serão muito úteis para inspirar as pessoas a continuarem avançando.

Um abraço,

Até a próxima!

#líder #liderança #identidade #propósito #r122coaching #transformação #coaching #crescimento #desenvolvimento #inteligênciaemocional #metas #objetivos #superação #verdade #valores

67 visualizações
  • Facebook R122
  • YouTube R122
  • Instagram R122
  • LinkedIn R122

Copyright R122 / R122 Coaching ©2020. 

All rights reserved. Todos os direitos reservados.

São Paulo | Alphaville | Guarulhos | Ribeirão Preto | Araraquara

E-mail: contato@r122.com.br