199959255394011
 
Buscar
  • R122

Diferenças entre Coaching e Mentoria, por Patrícia Schuindt


Muitas pessoas confundem Coaching e Mentoria, por isso, decidi compartilhar sobre algumas diferenças das abordagens, especialmente para esclarecer o que é o Coaching, já que hoje em dia, há muita confusão e visões distorcidas sobre a atuação de um Coach.

As duas práticas são muito importantes e falo isso profissionalmente e pessoalmente. Passar pelo processo de Coaching, fez (e faz) muita diferença na minha vida e ter mentores também.

Um Mentor é alguém com mais conhecimento e experiência que você em determinada área ou assunto. Ele te orienta, ensina, responde suas dúvidas, a fim de que você cresça e se desenvolva mais rápido do que seria se estivesse sozinho e se você fosse pesquisar tudo por conta própria.

Por exemplo, você quer empreender e busca alguém que já tem uma empresa e compartilha com você o que sabe sobre negócios, as experiências que viveu, responde suas perguntas, te ajuda em alguma situação em que não sabe o que fazer. Um outro exemplo: você acabou de assumir um cargo novo de gerência e tem muitas dúvidas e inseguranças. Então, decide buscar alguém que foi gerente como você, para te ajudar nos seus desafios e crescimento.

Então, na Mentoria, sempre tem alguém com mais experiência, conhecimento e técnica sobre determinada área e alguém que está sendo o aprendiz.

Já o Coach, não tem o papel de ensinar, aconselhar, orientar, dar respostas. Por isso, ele não precisa ser especialista em sua área, nem ter passado por experiências como a que você vive. O que um Coach faz, então? Ele te ajuda a pensar. Pensar da melhor forma possível para alcançar seus objetivos e transformações. Parece simples, mas na verdade não é. Isso requer muita técnica e habilidades específicas, que são aprendidas em cursos de formação específica.

No Coaching há um espaço seguro, neutro e confidencial, em que o Coach foi capacitado a fazer perguntas que te ajudam a refletir, encontrar possibilidades e ir para a ação, em direção aos seus objetivos. Ele também te escuta e busca compreender quem é você e nesse espaço de escuta, você tem liberdade para compartilhar seus medos, crenças, frustrações, sonhos, expectativas...Ele também te ajuda a se conhecer melhor e a buscar as transformações que você quer. Te ajuda a desenhar planos e executá-los. Te dá feedback sobre que percebe, a fim de te ajudar a avançar no que você busca. O Coach é, portanto, um profissional treinado para desenvolver pessoas, através de habilidades e técnicas que aprendeu em cursos específicos. Há diversas escolas de Coaching e diferentes tipos de certificações. Coaches que são credenciados pela International Coach Federation/ICF, por exemplo, têm como diretrizes 11 Competências e um código de ética da profissão e passaram por um processo de avaliação para comprovação prática e teórica.

Uma vez, um Coachee me disse ao final de um processo de Coaching “o coaching não dá o peixe, mas ensina a pescar. Sou uma pessoa diferente. Abriu minha mente. Fora da caixa que eu pensava existia muita coisa”.

Tanto Coaching, quanto a Mentoria podem trazer crescimento, mas com abordagens e focos diferentes. Eu sempre busco os dois recursos para meu desenvolvimento e recomendo isso, pois são complementares. Sim, esses papéis podem estar concentrados em uma mesma pessoa. Tendo claras as diferenças, são preciosas oportunidades de desenvolvimento.


28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo