Buscar
  • R122

Esquece. Você nunca vai chegar lá! Por Juliana de Lacerda Camargo


Outro dia conversava com um cliente que passa por um processo de liderança e um dos pontos que acreditava já estarem dominados – a gestão de pessoas – de repente voltou à cena. Naquela reunião ele me contou sobre uma conversa com alguém de sua equipe e o que surgiu dali, o que o trouxe novamente à necessidade de falar sobre o tema e buscar novos pontos de clareza e avanço.

Apesar de viver esse tipo de situação todos os dias – ver as pessoas tendo insights e retomando pontos que consideravam dominados – achei válido trazer uma reflexão sobre desenvolvimento e ‘chegar lá’. E quero começar com uma pergunta: o que significa ‘chegar lá’?

Já mencionamos em textos anteriores Carol Dweck, PhD, pesquisadora e professora que já lecionou/leciona em universidades como Columbia, Harvard e Stanford. Ela desenvolveu uma teoria de que há pessoas (com mentalidade fixa) que acham que ou as pessoas têm uma habilidade, ou não têm... ou elas são competentes, ou incompetentes; enquanto há outras (com mentalidade de crescimento) cuja realização está em grande parte no crescimento e aprendizado, e não somente nos resultados que atingem. Numa linguagem bem leiga, enquanto tem gente que acha que vai sempre crescer e desenvolver, outros acham que as características nascem conosco e que há formas pré-estabelecidas e fixas de ‘chegar lá’.

Pois bem, há algum (bom) tempo eu tinha uma mentalidade híbrida – enquanto acreditava no desenvolvimento de outros, no meu caso cria que ou eu era, ou não era... ou tinha, ou não tinha... e isso me limitava demais por diversos motivos. E hoje, olhando pra trás, percebo que havia um significado meio único pra ‘chegar lá’ – saber tudo, ter tudo, poder tudo. Quando não conseguia qualquer coisa que fosse, havia falhado em ‘chegar lá’.

Mas graças a Deus percebi também há algum tempo que ‘lá’ é um conceito fluido e vivo... Lembro-me de uma querida amiga me perguntando sobre onde queria chegar com nosso negócio e respondi a ela mais ou menos assim: “Por enquanto quero chegar naquela montanha... porque vai ser somente quando conseguir chegar lá que vou poder enxergar o que existe do outro lado e ver qual o novo alvo a se buscar”... E lembro que aquela conversa fez muito sentido pra nós duas.

Assim como aconteceu com meu cliente, assim como nessa conversa que tive, e assim como enxergam as pessoas com mentalidade de crescimento, o incrível é considerar que nessa vida sempre vamos ter novas descobertas... e portanto novas incertezas... e portanto novas oportunidades de desenvolver e crescer. Daí dizer que você nunca vai chegar lá... porque o ‘lá’, quando chegar, dará ensejo a outro ‘lá’ e assim sucessivamente.

Chega então o momento de reflexão desse texto: Como seria se você passasse a viver sua vida sempre entendendo que depois da montanha vem um vale, e depois dali um lago, e depois uma trilha... e que sempre haverá algo que você ainda não viu, não percebeu, não sabia? Como seria viver assim e se abrir para o crescimento e aprendizado contínuo?

Se o título deste texto não o assustou, seja bem-vindo a uma verdade maravilhosa... a de que você nunca vai chegar ao máximo de seu desenvolvimento! Passinho a passinho, degrau a degrau e... descobrindo e aprendendo a cada passo pra sempre ser melhor e ir além.

Continue, sim, estabelecendo seus alvos! Continue, sim, se desenvolvendo... mas lembre que o ‘lá’ pode ser sempre maior e melhor!

É isso aí.

#betransformed #mudançamentalidade #liderança #alvo

97 visualizações
  • Facebook R122
  • YouTube R122
  • Instagram R122
  • LinkedIn R122

Copyright R122 / R122 Coaching ©2020. 

All rights reserved. Todos os direitos reservados.

São Paulo | Alphaville | Guarulhos | Ribeirão Preto | Araraquara

E-mail: contato@r122.com.br