Buscar
  • R122

3 atitudes que te farão melhor do que você era antes do Covid

O cenário atual nos colocou numa transição sem volta. Mesmo que você queira não há mais como ficar na zona de conforto sem se abrir para o crescimento e se adaptar a um novo jeito de viver, de liderar e de fazer negócios.

Que grande oportunidade temos nas mãos!

O mundo mudou e não estamos esperando um novo normal e sim já estamos num novo modo de viver com grandes oportunidades de chegar a lugares que nem imaginávamos antes. Mas para isso teremos que estar abertos a realmente mudar.


O que pode te ajudar a crescer, aprender e surpreender nesse momento?

Como seus líderes, clientes ou equipe tem te visto e como você pode transformar seus resultados? O que é importante agora e que ferramentas podem e ajudar?

Antes de entrarmos nessa parte prática, pense em como você vê a mudança.

Mudar pra você traz um sentimento ruim ou bom? Ou te traz medo?

Se for ruim, será importante você ressignificar a forma como encara mudanças, para conseguir desfrutar de todas as oportunidades que vem acompanhadas com essa nova estação.

E saiba que é da nossa natureza mudar. Nosso cérebro foi criado com uma capacidade que se chama neuroplasticidade, que é a habilidade de aprender e criar novas formas de ser, a partir de novos aprendizados e experiências. Isso significa que podemos nos transformar sempre.

Além da nossa mudança pessoal, essa é uma grande oportunidade de mudar a forma como fazemos negócios ou atuamos no mercado.

Se você é um empreendedor, um gestor, um empresário ou profissional liberal, use essa reflexão para melhorar cada um dos seus papeis.

Mas como fazer isso?

Vou compartilhar três ferramentas simples e práticas que te ajudarão a renovar sua forma de pensar e agir. Lembre-se, elas serão úteis em todos os papeis e cenários que você atua.

1. Simule cenários diferentes.

Parar pra pensar e imaginar cenários alternativos, vai te ajudar a olhar para a mesma situação com uma nova perspectiva e também vai te fazer encontrar caminhos novos que antes não vistos por você.

Você pode fazer isso por meio de perguntas abertas. Faça a si mesmo perguntas que o tirem do lugar, por exemplo:

“Quem sou eu nessa nova estação?”;

“O que estou descobrindo sobre mim?”;

“O que não quero levar na “mochila” daqui pra frente?”;

“O que quero levar?”

“Como quero ser percebido no mercado?”

“O que meus clientes/líderes esperam de mim?”

“Como posso reinventar a forma como lidero?”

Investir em autoconhecimento será fundamental para expandir sua visão e criatividade, tanto no aspecto das novas habilidades que serão exigidas de você como líder ou profissional de outra área, como na reinvenção e transformação do seu negócio, caso você seja um empreendedor.

2. Seja curioso

Se coloque numa postura de um explorador. Tenha coragem de testar coisas novas. Busque fé e autoconfiança.

Mas como fazer isso? Siga sua curiosidade sem compromisso. Explore novos interesses, sem cobrança por performance.

Quando estamos vivendo algo novo, será normal não conseguir ser tão bom de cara, será normal passar por um processo de adaptação. Se cobre menos e ouse mais.

Pesquise, se envolva com novas frentes de atuação ou novos mercados, isso ampliará sua capacidade de inovação.

3. Desapegue, desaprenda e aprenda

Nossa tendência é nos viver por aquilo que já fazemos, já sabemos. São os nossos padrões de pensamentos e crenças automáticos e familiares que nos conduzem o tempo todo. Fazemos isso porque nos sentimos seguros por ser um lugar conhecido. Nosso cérebro também tende a nos puxar de volta porque uma das suas principais funções é otimizar recursos para nos manter vivos.

Mas para se abrir, você precisará quebrar padrões e se desapegar do que é antigo.

Por exemplo no quesito liderança, muitos líderes tem se conscientizado de que não vão conseguir liderar as novas gerações que vem com novos modelos mentais se eles mesmos não passarem por uma transformação.

Mas não há outra forma de crescer e avançar, sem abrir espaço na “bagagem” para colocar coisas novas o que implica em abrir mão daquilo que não te servirá mais daqui pra frente.

Pra isso você também vai precisar de duas coisas: vulnerabilidade e humildade.

Se você está disposto a aprender algo novo e se transformar, você será levado a um lugar de aprendiz, o que significa adaptação e necessidade de ajuda de quem já sabe ou já passou por aí, por isso falamos em humildade e vulnerabilidade.

Mas encare tudo isso de forma divertida. Além de facilitar seu processo de aprendizagem e aquisição de novas habilidades, já que uma das maneiras de formarmos novas redes neurais é a qualidade das emoções envolvidas no processo, será muito mais leve e rápido chegar onde precisa.

Por fim, mesmo que você não tinha planos de mudanças há alguns meses atrás, agora é inevitável, então aproveite para viver novas experiências na sua carreira ou no seu negócio, e quem sabe ter muito mais resultados do que você tinha antes.

Se você gostou, comente comigo o que passou pela sua cabeça enquanto lia.

Deixe também perguntas e se quiser saber mais como podemos te ajudar a consolidar esses e outros passos, entre em contato pelo email: contato@r122.com.br, ou acesse nosso site: r122.com.br

Compartilhe, marque seus amigos e os ajude a avançar também!

0 visualização
  • Facebook R122
  • YouTube R122
  • Instagram R122
  • LinkedIn R122

Copyright R122 / R122 Coaching ©2020. 

All rights reserved. Todos os direitos reservados.

São Paulo | Alphaville | Guarulhos | Ribeirão Preto | Araraquara

E-mail: contato@r122.com.br