Copyright R122/R122 Coaching ©2019.

All rights reserved. Todos os direitos reservados.

São Paulo | Alphaville | Guarulhos | Ribeirão Preto | Araraquara

E-mail: contato@r122.com.br

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

4 aspectos que você precisa saber sobre você. Por Patrícia Schuindt

15 Mar 2018

Quais são seus pontos fortes? E quais são seus pontos fracos?

Tenho curiosidade de saber quantas vezes você já ouviu essa pergunta em sua vida e quantas vezes realmente parou para pensar de forma clara e honesta sobre elas. 

 

Quando você se conhece, você passa a fazer escolhas e tomar decisões de forma mais consciente e racional em seu trabalho e na vida pessoal. Algumas pessoas relatam aumento de segurança e confiança a partir do autoconhecimento. 

 

Por outro lado, muitas pessoas passam a vida sem entender quem são e como agem. Também não reconhecem o impacto disso em seus relacionamentos, seus objetivos e em sua vida como um todo. Vivem no piloto automático, sem se perceberem, e seguem padronizações externas tidas como "as melhores". Mas, o que quero que você reflita agora é: você tem uma identidade única que pode ser descoberta. Acredito não somos seres estáticos, mas sim em constante transformação e aprimoramento; sempre existe um potencial a ser desenvolvido e um novo aprendizado a ser incorporado. No entanto, há uma essência invariável, pela qual pode-se dizer: esse sou eu. 

 

O processo de autoconhecimento nunca termina, mas precisa começar. Neste texto trago o conceito do Career Direct, um Assessment de perfil, que trabalha com os quatro componentes fundamentais a serem considerados em uma pessoa - Interesses, habilidades, valores e personalidade.

 

Personalidade: Se você sabe como age e reage naturalmente, surge a oportunidade de utilizar sua potencialidade da melhor forma, mas também de sair do piloto automático quanto a comportamentos destrutivos e que mais atrapalham do que ajudam! Você é mais extrovertido ou introvertido? Dominante ou complacente? Aventureiro ou cauteloso? Desordenado ou meticuloso? Compassivo ou desapegado? Inovador ou convencional? Quais são então seus pontos fortes e o que precisa desenvolver?  Se alguém que naturalmente é extrovertido e inovador, buscar oportunidades onde é necessário ter novas ideias e interagir muito com outras pessoas, poderá crescer muito mais em sua carreira e sentir-se bem. Se em contrapartida passar a realizar trabalhos totalmente focados em tarefas, de forma convencional, precisa e rigorosa, no mínimo não usará seu potencial e poderá sentir-se frustrado, sem motivação e até incapaz. 

 

Valores: O que realmente importa pra você na sua vida pessoal, no trabalho, com as pessoas que convive? Do que você não abre mão? Se você conhece seus valores, pode analisar o quanto realmente está vivendo de acordo com eles, pois quando vivemos situações opostas ao que é realmente importante para nós, vem a frustração, culpa, insatisfação e o bem-estar fica comprometido.

 

Interesses: Nada melhor do que trazer seus interesses para o seu dia a dia, pois aquilo pelo que somos curiosos, interessados, gostamos de fazer, prende a nossa atenção de forma incrível e quanto mais atenção colocamos em determinada questão, mais focados ficamos. Não é? Por isso, inserir seus interesses em sua rotina, pode ser um grande ganho. 

 

Habilidades: O que você faz bem? Quais são suas aptidões, capacidades para realização de algo? Analisar, organizar, liderar, fazer trabalhos manuais, trabalhar com pessoas, e por aí vai. Todos temos habilidades que são mais naturais que outras e todas as habilidades podem ser desenvolvidas. A mensagem aqui é: busque focar no que você tem habilidade, no que faz parte de você! Se eu fosse trabalhar analisando números, fazendo cálculos, raciocinando logicamente e numericamente, posso afirmar que teria uma enorme insatisfação e me sentiria incompetente, pois não é algo que tenho facilidade, preciso de muito esforço, mesmo tendo desenvolvido conhecimentos com aulas de matemática financeira, estatística... Por outro lado, adoro organizar, planejar, ajudar pessoas, trazer novas ideias e faço isso com naturalidade.

 

Achar a solução da equação quem eu sou, o que faço bem, o que importa pra mim, o que estou interessado em fazer, pode ser um desafio, mas pode ser um grande passo para pensar em sua vida e carreira. Comece agora! Responda as perguntas dos quatro componentes. E aí, o que você já sabe sobre você e quais insights pode ter a partir disso? 

 

*Se você tiver interesse em fazer o teste e ter uma devolutiva com um Consultor, entre em contato com a gente!

Please reload

Apresentando a R122

May 1, 2014

1/1
Please reload

Posts recentes

November 9, 2019

Please reload

Busca por Tags