Copyright R122/R122 Coaching ©2019.

All rights reserved. Todos os direitos reservados.

São Paulo | Alphaville | Guarulhos | Ribeirão Preto | Araraquara

E-mail: contato@r122.com.br

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

A estratégia da dinâmica entre líderes estratégicos. Por Juliana de Lacerda Camargo

29 May 2018

Roda de Coaching é um termo que criamos para nomear uma solução que nasceu da necessidade de qualquer contexto estratégico: o de líderes com metas similares se ajudarem também de forma estratégica para otimizarem seus avanços e resultados.

 

A liderança pode ser um lugar solitário, não é mesmo? Muitas decisões para se tomar, expectativas para gerenciar, e às vezes um líder não para para refletir que outros num nível e contexto similar ao seu podem ter os mesmos desafios e/ou metas. E várias ‘rodas vão sendo inventadas’... e muito tempo que poderia ser otimizado é perdido.

 

Uma das primeiras coisas que um líder verdadeiramente estratégico sabe é que tanto faz de onde vem uma boa ideia... o importante e que ela venha e seja eficaz. Outra coisa que um líder estratégico sabe é que perder tempo é perder dinheiro. Uma terceira, ainda, é que aumento de produtividade envolve economia de energia, e uma quarta é que diferentes pessoas terão diferentes pontos de vista e recursos para lidarem com uma mesma realidade.

 

Por tudo isso, o líder estratégico sabe que Parar Para Pensar (como diria nossa grande Patrícia Schuindt) e agir é fundamental para ser eficaz, e que pensar de forma inteligente e produtiva torna os caminhos mais curtos e os resultados melhores!

 

Como, então, esse líder age?

 

1.  Ele descobre líderes que tenham desafios similares aos seus.

2. Ele define momentos em que esses líderes sentarão juntos para discutir sobre seus desafios similares.

3. Ele cria um ambiente totalmente seguro, em que as pessoas poderão falar o que já pensaram, quais suas dúvidas, quais suas ideias e conceitos, bem como seus maiores medos e inseguranças.

4. Ele promove a escuta ativa, o espaço e entende que não basta ter uma conversa organizada e produtiva, mas que será necessário que cada um crie planos de ação customizados e específicos para incrementar a efetividade dos resultados.

5. Ele colabora com a ideia e a cultura de auxílio mútuo, garantindo o entendimento de que líderes verdadeiramente maduros e estratégicos que se propõem a trabalhar num ambiente colaborativo têm de se despir da ‘autoproteção’, estando vulneráveis para compartilhar.

6. Ele entende e colabora com a cultura da ‘discordância saudável’, pois entende que quando a discordância é bem gerenciada pode levar a lugares ainda não explorados.

7. Ele também entende e colabora com a cultura do ‘não sei’, entendendo que somente ao se deparar com a verdade é que estratégias eficazes poderão surgir.

8. Ele promove conversas de acompanhamento daquilo com que cada um se comprometeu, para que haja distensão e mais avanço.

 

Há outros pontos que poderiam ser considerados aqui, mas esses são alguns dos principais para se criar uma dinâmica estratégica para líderes estratégicos.

 

Minha opinião pessoal: se todas as organizações aprendessem a fomentar ambientes como o descrito aqui, os líderes seriam muito mais eficazes! Por isso trabalhamos com uma solução que comporta esse racional... e por isso compartilhamos esse entendimento... para que você possa avançar em sua liderança e ser cada vez mais estratégico.

 

É isso aí!

 

Please reload

Apresentando a R122

May 1, 2014

1/1
Please reload

Posts recentes

November 9, 2019

Please reload

Busca por Tags